@
cts_games
Blog do CTS Game Studies

O fenômeno da cultura gamer de 2011 – TES V: Skyrim

Os jogos eletrônicos compõem cada vez mais parte essencial da cultura brasileira e mundial. Em uma sociedade da informação que constrói significados comuns com a mesma rapidez com que faz o “upload” de um vídeo, a conquista de uma posição de destaque pode ser fugaz. Entretanto, navegar por redes sociais e sites de notícias e entretenimento demonstra a crescente importância dos games na composição do imaginário contemporâneo. Ser um gamer – hardcore ou casual – tornou-se um estereótipo reconhecido, aceito e, até certo ponto, valorizado na cultura das Internets. Analisa-se aqui a proeminência de um jogo específico: Skyrim, quinto da série Elder Scrolls, fenômeno de vendas e popularidade e recentemente votado Game of the Year (Jogo do Ano) na Video Game Awards 2011.

The Elder Scrolls V: Skyrim

Skyrim chegou a 2011 com grande força. Seus gráficos impecáveis, sua trilha sonora envolvente, mecânica de jogo ágil e padrões de vôo de dragões um tanto peculiares conquistaram uma legião de fãs. Cada vez mais canais do YouTube dedicam-se a explorar as possibilidades narrativas do game, o que provoca até mesmo certa revolta em alguns irresignados saudosistas (navegando por aí, encontrei um youtuber reclamando de um canal que seguia: “Aonde estão os vídeos de Minecraft? Agora, é só Skyrim!”); e sites dedicados ao – inclusive Wikis que em pouco tempo compõem verdadeira enciclopédia dos hábitos de Tamriel – surgem na rede.

Impressiona, no entanto, a adoção de memes baseados nas implacáveis habilidades de arqueiria dos habitantes da província gelada chegam do 4chan ao 9gag e, de lá, às redes sociais. Um meme pode ser definido como um conceito amplamente difundido em uma cultura. Em outras palavras, é um significante – texto, figura, vídeo, som etc. – que expressa um significado reconhecido como comum a todos os membros daquela comunidade. Os “Skyrim memes” espalham-se pela rede de forma que chegam até mesmo a extrapolar seus limites específicos: pessoas que não compõem a cultura “gamer” e que não adotam o correspondente estereótipo começam a reconhecer e utilizar essas expressões como se fizessem parte do seu universo semântico e de experiências. Isto deve-se a diversos fatores: primeiro, o número de jogadores é imenso e atuante como comunidade; o tema do jogo é atraente aos que o desconhecem, devido a incursões televisivas no campo da fantasia medieval (principalmente “Game of Thrones“); a significativa participação dos jogadores em grandes fóruns de imagens; o imenso faturamento em vendas, que levou o jogo a grandes publicações sobre economia e tecnologia.

Neste panorama, os dados que vêm à tona confirmam o sucesso de Skyrim:

  • Terceiro jogo mais jogado na XBOX Live, abaixo de CoD: MW3 e CoD: Black Ops. Note que isto refere-se apenas a usuários conectados à XBOX Live, o que significa que os números podem ser ainda maiores. O dado é do blog especializado do funcionário da Microsoft Major Nelson.
  • Segundo maior faturamento em vendas. Neste quesito, Skyrim está abaixo apenas de CoD: MW3. O dado é da agência NPD Group, via GameSpot.
  • O jogo mais jogado de 2011, de acordo com o serviço Raptr Tracks. Isto significa que, lançado em novembro, em apenas um mês Skyrim atingiu a marca do mais jogado em computadores – plataforma em que se especializa o site.

Skyrim contém certamente uma ótima narrativa embutida e é um prato cheio para a narrativa emergente. Para os que ainda não o conheceram, vale a pena checar o review da TechCrunch. O que se coloca a respeito de Skyrim é plenamente aplicável a outros jogos grandes lançados este ano. O principal é observar que a cultura dos jogos toma forma e atinge o grande público. Os jogos eletrônicos têm cada vez mais penetração na sociedade e em sua percepção de mundo.

Anúncios

Sobre Walter Britto

Law student @FGV_DIREITORIO

Discussão

Trackbacks/Pingbacks

  1. Pingback: Starcraft II: como criar um expert? « CTS Game Studies - março 7, 2012

  2. Pingback: Desconstruindo a violência nos Games « CTS Game Studies - abril 25, 2012

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CTS Game Studies

CTS FGV

%d blogueiros gostam disto: